Terça-feira, 31 de Janeiro de 2006

Abraços

Há quem goste de abraços ao acordar
Há quem goste de abraços pela manhã
Outros gostam mais à tarde,
Ou mesmo à tardinha
À noite à despedida
Há quem goste ao amanhecer
Ou ainda ao entardecer

Há quem goste de abraçar
Há quem goste de ser abraçado
Há quem goste de um abraço
Há quem goste de muitos abraços
E há quem goste de... “aquele abraço”…

Há quem goste de abraços apertados
Musculados
Delicados
De abraços virtuais
De abraços simulados

Eu gosto de dar abraços
Mas também de receber
Gosto de mandar abraços …
Gosto de todos os abraços
De qualquer abraço
De abraços a qualquer hora...

Mas...
Do que eu gosto mesmo
Do que eu gosto mais…

SÃO DOS TEUS ABRAÇOS
DE QUALQUER FORMA
A QUALQUER HORA
publicado por mm.catarino às 09:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 24 de Janeiro de 2006

Todas as cartas de amor são ridículas

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas).

Álvaro de Campos/ ( Fernando Pessoa)
publicado por mm.catarino às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 21 de Janeiro de 2006

Para além do meu imaginar

Gosto de ti
não só pela tua aparência,
mas pelo maravilhoso ser humano que és.

Gosto de ti
não só pelas tuas palavras,
mas pelo bem estar com que me envolves

Gosto de ti
não só pelo que significas para mim,
mas pelo que juntos podemos construir

Gosto de ti
não só pela tua forma de amar,
mas pela maneira que tens de me encantar.

Gosto de ti
não só porque me fazes esquecer o mundo,
mas por tudo o que quero viver contigo

Gosto de ti
Porque tu vais para além do meu imaginar
… Muito para além do podia esperar
publicado por mm.catarino às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2006

HOJE SENTI A TUA FALTA

Hoje senti a tua falta
Senti a tua ausência,
A ausência da tua presença…
Aqui ao pé de mim

Dizem que são saudades…
Mas o que são saudades ?
Serão uma e a mesma coisa ?

SAUDADE
É uma espécie de dor
Mas um pouco mais que uma simples dor
Talvez um misto de
Sofrimento, dor e de amor
Talvez a ausência... o vazio...a solidão...

SAUDADE
É um estado de alma
É um sufoco
É falta de ar no peito
É a dor e o dasalento
É o vazio

SAUDADE
Pode-se saber quando vai começar
Mas não se sabe quando vai terminar
É o fio da navalha
É o ponto da agulha
É a vontade de chorar

Saudade de amor
Saudade… de ti
Saudades...
Ponto final !
publicado por mm.catarino às 22:22
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Janeiro de 2006

Podia dizer-te

Podia dizer-te o quanto gosto de ti, como o faço todos os dias.
Podia dizer-te palavras doces de manhã, à tarde e à noite.
Podia dizer-te que tu és para mim, a melhor coisa do mundo.
Podia dizer-te que és o meu vício e o meu estímulo.
Podia dizer-te que já não sei viver sem ti, a meu lado.
Podia dizer-te que te respeito e te admiro.
Podia dizer-te o quanto me sinto orgulhoso de ti.
Podia dizer-te e repetir a toda a hora, que te adoro.
Podia dizer-te que tu és a mulher por quem sempre esperei.
Podia dizer-te, por poemas ou por prosa, que és o meu encanto, o meu amor.
Podia dizer-te tudo isto e muito mais…

… mas hoje apenas quero dizer-te ...

AMO-TE!
publicado por mm.catarino às 21:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2006

Pouco te peço…

Pouco te peço
ou talvez te rogue
o estremecer da pele…

Não, nem sequer é isso
Só desejo o gesto quotidiano de estar contigo…

Ainda que tente
a escalada do melro sobre o muro,
sei que te deterás ao dobrar da esquina…

Pouco te peço, repito.
Mesmo que possa olhar para além de ti
e me reveja
no espanto da minha sombra
projectada na rua.

Ah, se eu pudesse ansiar mais,
Voaria ao teu encontro
E esboçaria o trinado das aves
Na errância melancólica dos teus braços


@Bernardette Costa
publicado por mm.catarino às 21:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 8 de Janeiro de 2006

Eu queria ser...

Eu queria ser Vento
para te embalar …

Eu queria ser Noite
para te abraçar…

Eu queria ser Lua
para te enfeitiçar…

Eu queria ser Mar
para te banhar…

Eu queria ser Brisa
para te beijar…

Eu queria ser Sol
para te acariciar…

Eu queria ser tudo…

Eu faço tudo,
Apenas pelo teu sorriso…
publicado por mm.catarino às 21:31
link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Janeiro de 2006

Tu não sabes…

Não sabes porque te escrevo
Estas palavras doces
Palavras de amor…
Daqui deste lado do mar

Tu não sabes
Não sabes porque o faço,
Nesta cama vazia
Onde mora a saudade

Não sabes quanto lamento
Nem sempre saber dizer como te amo
Não sabes como me arrependo…
Dos abraços que não te dou
Dos beijos que guardo na minha boca
Tu não sabes…
publicado por mm.catarino às 00:37
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2006

Rosa sem espinhos

A ti, Mulher - poema ou prosa
Imenso mar de afectos e paixão
Gostaria de te dar uma simples rosa
Uma rosa sem espinhos...
… uma rosa em botão!

Se este gesto for compreendido
E te faça conhecer oculta sensação
Então não ficarei arrependido
Por te dar uma rosa...
…uma rosa em botão!...

Mas se sentires que a rosa que te ofereço
Te desperta o coração
Será para mim uma rosa única - sem preço
Singela sim, mas uma bela rosa …
… uma rosa em botão!...
publicado por mm.catarino às 01:20
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Amor é...

. Sei que estás aí

. Na cauda do vento

. DESEJOS

. TENHO SAUDADES

. QUERO FAZER AMOR CONTIGO

. Silêncios

. Ver pelos teus olhos

. TENHO SAUDADES

. "Dia dos Namorados"

.arquivos

. Setembro 2009

. Julho 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds