Terça-feira, 17 de Janeiro de 2006

Podia dizer-te

Podia dizer-te o quanto gosto de ti, como o faço todos os dias.
Podia dizer-te palavras doces de manhã, à tarde e à noite.
Podia dizer-te que tu és para mim, a melhor coisa do mundo.
Podia dizer-te que és o meu vício e o meu estímulo.
Podia dizer-te que já não sei viver sem ti, a meu lado.
Podia dizer-te que te respeito e te admiro.
Podia dizer-te o quanto me sinto orgulhoso de ti.
Podia dizer-te e repetir a toda a hora, que te adoro.
Podia dizer-te que tu és a mulher por quem sempre esperei.
Podia dizer-te, por poemas ou por prosa, que és o meu encanto, o meu amor.
Podia dizer-te tudo isto e muito mais…

… mas hoje apenas quero dizer-te ...

AMO-TE!
publicado por mm.catarino às 21:10
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Manela a 17 de Janeiro de 2006 às 21:39
....e quando o amor é reciproco...é tão mais doce...só tenho pena de não saber fazer poesia...juntar as letras...misturar e baralhar...e dizer-te: TAMBEM TE AMO MUITO!!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Amor é...

. Sei que estás aí

. Na cauda do vento

. DESEJOS

. TENHO SAUDADES

. QUERO FAZER AMOR CONTIGO

. Silêncios

. Ver pelos teus olhos

. TENHO SAUDADES

. "Dia dos Namorados"

.arquivos

. Setembro 2009

. Julho 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds