Domingo, 9 de Abril de 2006

Silêncios

Deito-me em silêncio
Acordo silenciosamente
Tudo é silêncio em meu redor
Um silêncio que não quero
Que não desejo
Que me ensurdece
Que me enlouquece

Não oiço o cantar dos pássaros
Nem o vento da janela
Apenas o silêncio da tua ausência
Nesta casa vazia
Nesta cama fria

Releio os poemas que te escrevi
Em tempo de saudade
Revejo as tuas fotos
Que existem em todos os meus recantos
Na procura de te sentir
Na ilusão de te ouvir

O tempo passa devagar
Lento, triste e cinzento
Que nem o Sol consegue iluminar
Tenho o Baco como companhia
Mas nem isso me dá alento
Nem que seja apenas por um momento

Apenas fantasias
Apenas desejos
Somente silêncios …
Silencio das tuas palavras
Silêncio dos teus gestos
Silêncio do teu calor
Silêncio do teu amor

Nesta casa vazia…
Nesta cama fria…
publicado por mm.catarino às 22:15
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Amor é...

. Sei que estás aí

. Na cauda do vento

. DESEJOS

. TENHO SAUDADES

. QUERO FAZER AMOR CONTIGO

. Silêncios

. Ver pelos teus olhos

. TENHO SAUDADES

. "Dia dos Namorados"

.arquivos

. Setembro 2009

. Julho 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds